Sobre o debate

Cansada de criticar o machismo e a crueza dos filmes pornô, a diretora de cinema sueca Erika Lust decidiu criar e produzir seus próprios filmes com um olhar feminino e uma estética própria, feita por e para mulheres. A palestra TED que ela ministrou em Viena aquece este debate.