Sobre o debate

O documentário brasileiro “Democracia em Vertigem”, da diretora Petra Costa, gerou polêmica ao ser indicado ao Oscar de 2020. O filme narra a história política do país nos últimos quatro anos, partindo de uma perspectiva de esquerda, cuja veracidade foi contestada na sociedade brasileira. Qual é a versão mais sensata da nossa história recente? Um documentário pode se basear em um só ponto de vista? O que a valorização de “Democracia em Vertigem” no mundo representa para o Brasil?