Sobre o debate

Este debate é baseado no documentário de Werner Herzog sobre a caverna de Chauvet, no sul da França. Descoberta na década de 90, essa preciosidade arqueológica contém as mais antigas pinturas rupestres conhecidas. Produzidas há mais de 30.000 anos, estas obras revelam técnica, sensibilidade e qualidades artísticas impressionantes. O debate acontece em duas sessões, com exibição de cenas do documentário e discussões sobre a origem do homem, da arte e da cultura, a busca pelo desconhecido, a inteligência e os instintos, o uso que fazemos de nossos sentidos.