Sobre o debate

Um movimento de boicote ao Facebook por parte de diversos anunciantes ganhou força. Representados pela frase “Stop Hate for Profit”, essas marcas decidiram cancelar suas parcerias com Mark Zuckerberg até que ele tome providências frente à fácil disseminação de discursos de ódio e fake news em suas redes sociais. O boicote ainda é uma ação política efetiva nos dias de hoje? Como o Facebook deve combater o ódio e a desinformação sem comprometer a liberdade de expressão?