Sobre o debate

O encontro de Fidel Castro com o Papa Francisco após a reabertura da embaixada americana em Havana marca a revitalização das relações entre Cuba e o Norte global. Por décadas reprimida, a religião agora é bem-vinda e saudada até mesmo por representantes do Partido Comunista. Ao mesmo tempo, o papa Francisco vê sua popularidade contagiar mais e mais fiéis a cada destino de sua peregrinação internacional.