THE COLONEL’S LADY BY WILLIAM SOMERSET MAUGHAM

Este debate literário se realiza em dois encontros consecutivos e tem como base a short story THE COLONEL’S LADY, de W. Somerset Maugham. O autor conta, com muito bom humor e ironia, a história de George Peregrine e sua mulher Evie, um típico casal britânico de meia-idade que vive numa bela propriedade no interior da Inglarerra, início do século XX.

Casados por muito anos, George e Evie têm uma relação cordial, mas sem amor,baseada apenas nas aparências. George, um homem vaidoso, menospreza sua mulher e a considera pouco atraente, (apesar de admitir que ela é uma excelente dona de casa), mantendo um caso extra-conjugal com Daphne, que encontra toda vez que vai a Londres.

Um belo dia, Mr. Peregrine é surpreendido por uma novidade: Evie escreveu e publicou um livro de poemas sem o seu conhecimento. Pouco adepto à poesia, George finge que lê o livro, mas não dá muito importância. Aos poucos, percebe que todos estão comentando pelas suas costas e vê sua esposa se transformar numa celebridade do mundo literário. Quando finalmente decide ler o livro, George se depara com tórridas revelações sobre o passado de sua mulher.

A história é narrada em terceira pessoa, mas em sua maioria, o ponto de vista é restrito a George, o que aumenta o efeito surpresa, tornando a leitura mais saborosa. Além do ponto de vista, a análise literária inclui enredo, tema, personagens e sua caracterização, atmosfera e ambientação.

Questões como as relações conjugais, a infidelidade, a vaidade, a hipocrisia, a necessidade de manter as aparências e a valorização da mulher são temas centrais destes encontros.

Enviar matéria para amigo