ISABEL ALLENDE

Isabel AllendePartindo de uma breve biografia e descrição do conjunto da obra da famosa autora sul americana, o debate envolve os participantes em questões como feminismo e feminilidade, justiça social, engajamento, magia, lealdade e paixão.

O encontro inclui a exibição de uma palestra em video onde Isabel Allende conta, em tom bem humorado, o que considera terem sido os 4 minutos mais felizes de sua vida – sua participação nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2006 em Turim, Itália, carregando a bandeira que representava o continente sul-americano.

Além de Allende, quatro outras mulheres foram escolhidas no mundo: Sofia Loren representando a Europa, Susan Sarandon pela América do Norte, a africana Wangari Maathai e a cambodjana Somaly Mam, que carregou a bandeira asiática. Isabel conta as histórias dessas duas últimas mulheres que, apesar de pouco conhecidas do público, tanto fizeram por seus países:

Wangari Maathai, ativista política e ambientalista que ajudou a plantar 30 milhões de árvores no Kenya e a mudar, em cinco anos, o ecossitema de seu país. Por este feito, ela foi a primeira mulher a receber o Prêmio Nobel da Paz, em 2004;

e Somaly Mam, escritora e advogada dos direitos humanos que concentra seus esforços nas vitmas de abuso contra mulheres e crianças e tráfico sexual.

Segundo Allende, o que une todas essas mulheres é a paixão, que também está presente no slogan dos Jogos Olímpicos – Passion Lives Here. Num depoimento que mescla humor e espírito de luta, Allende nos convida a pensar sobre as novas faces do feminismo e a debater sobre o futuro da humanidade.

Todas essas questões são discutidas em inglês.

Enviar matéria para amigo